Muv Custom Shoes

Por Dayane Almeida.

Que tal ser diferente e ter algo feito exclusivamente para você? Exclusividade é sempre bom, não é mesmo? E é essa a palavra que define a marca brasiliense MUV Custom Shoes, que fabrica Sneakers diferenciados para cada cliente. Vamos colocar a nossa personalidade nos nossos pés?!

285122_567074479986778_1844773699_n

Há pouco tempo eu escrevi sobre a indústria da moda e sobre padrão de beleza, e nesse pensamento eu dizia que está tudo muito parecido, por onde andamos vemos sempre as mesmas coisas. Mas com a Muv Custom Shoes “os seus pobremas se acabaram-se” ( já dizia seu Creysson rs).

376322_320826861278209_478817361_n

A empresa que pertence a três jovens, Miguel Marinho 26 anos, Vinicius Matteo 24 anos e Gabriel Lira 24 anos, surgiu de uma conversa entre amigos sobre a possibilidade de se ter um tênis da cor que eles queriam, mas não apenas isso, teria que ter um preço diferenciado de um produto customizado e o melhor de tudo, ser entregue rapidamente. “Acreditamos no diferente, sabemos que estamos fazendo uma coisa que não existe e essa vontade faz a gente acreditar cada vez mais no projeto”, afirma Miguel Marinho.

391007_315737441787151_307433505_n

E como sempre digo em minhas matérias até como uma forma de incentivo para aqueles que sonham em ter o seu próprio negócio, a MUV também enfrentou todos os tipos de dificuldades de uma empresa nova e fundada por jovens, sem experiência, fornecedores e o principal, capital. Mas de acordo com o empresário, eles superaram essas dificuldades com muito esforço e dedicação, “mas acima de tudo a gente acreditou na ideia e corremos atrás sem medo do que queríamos”.

395402_373296899364538_909976263_n

A MUV Custom Shoes oferece às pessoas a opção de escolher entre cinco modelos de sneakers, uma estampa desenvolvida pelos três jovens empresários e outros artistas do Brasil inteiro e também a cor do cadarço que deseja. Hoje, acessando a loja virtual, pode-se escolher entre modelos não customizados e poderá também voltar a montar os seus a partir do mês de março, pois a qualidade e durabilidade dos calçados estão sendo melhoradas.

395747_368233426537552_861483496_n

Por se tratar de um negócio online, as vendas são feitas pela loja virtual, onde são aceitos pagamentos em até 3x no cartão ou boleto bancário, os preços variam entre R$169,00 à R$250,00. Vocês também podem encontrar os sneakers da MUV Custom Shoes nas lojas: Varal Retrô – Brasília, Jessica Guimarães – BrasíliaStore e Soho – Caxias do Sul

550239_533723976655162_895193684_n

As estampas dos Sneakers é um projeto crowdsourcing – modelo de produção que utiliza a inteligência e os conhecimentos coletivos e voluntários espalhados pela internet para resolver problemas, criar conteúdo e soluções ou desenvolver novas tecnologias onde se tem as skins – uma espécie de adesivos de estampas diferenciadas que vão direto nos tênis – desenvolvidas pela Muv e outras por qualquer pessoa que queira explorar um novo lugar para botar sua arte.

557032_475838402443720_1224865139_n

Bom moçada, é isso. Vendo os vídeos eu fiquei apaixonada pelo trabalho dos meninos, agora é só acessar e começar a comprar. Só um aviso, se vocês olharem os vídeos é uma ida sem volta, dá vontade de comprar vários. Boa sorte, rsrs.

582159_425027034191524_1892823153_n

Contatos: (61) 9122-5459/ 3964-2264

Fan Page: http://www.facebook.com/muvcustomshoes?ref=ts&fref=ts,

Site: http://www.muvshoes.com.br/w/web/produto/lista/categoria/5

Blog: http://www.muvshoes.com.br/blog/

Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=JiDeSRrVoDE

http://www.youtube.com/watch?v=EZchP4etudY

http://www.youtube.com/watch?v=jZgolv5lcFs

 

Invejosos Digitais. Ai que medo!

Fonte: Tectudo

Imagem do google

Imagem do google

Acabei de ler uma matéria afirmando que um em cada três pessoas tem ciumes, ou seja, inveja ao ver perfil de amigos no Facebook. Medo. Muito medo. Ainda bem que não exponho tanto a minha vida nessas redes sociais.

Segundo matéria publicada no Techtudo, pesquisadores alemães de duas universidades entrevistaram 600 pessoas e notaram que cerca de um terço delas se sente mal ao entrar no Facebook e ver as interações de seus amigos.

De acordo com o estudo, perceber que seus contatos podem ter uma vida divertida pode fazer com que um usuário sinta inveja, tristeza e até uma “insatisfação geral” com a sua própria vida.

Entre os principais motivos que causam essa “tal inveja branca” estão as fotos de férias, atualizações de status em que haja comemorações por sucesso no trabalho e publicações que tenham relação com a vida social (como fotos e check-ins realizados em determinados locais) dos amigos. Até fotos de animais e desejos de “feliz aniversário” incomodam os “invejosos digitais”.

Cuidado minha gente. #ficaadica

Vejam aqui a matéria na integra: Um em cada três pessoas tem ciúmes ao ver perfil de amigos no Facebook

Creme de Alho

Por Dayane Almeida

Eu fui à farmácia comprar esmalte (como sempre), chegando lá a vendedora me falou sobre uma máscara de hidratação para o cabelo, feita a base de alho “Célula Capilar Kátia Alho”. Pelo preço e por ser um creme feito de alho (coisa que eu nunca vi), eu achei que não funcionava e que deixaria o cabelo com mau cheiro.  Foi o que eu disse para vendedora, mas ela me desafiou a comprar, não me desafiem, então comprei.

A gente costuma subestimar produtos baratinhos e de marcas não conhecidas, mas eu adorei e meu cabelo agradeceu. Pena que não consegui mais encontrar, quando voltei para comprar novamente a vendedora da farmácia me explicou que no mesmo momento que o produto chega lá saem todos não fica um, deve ser verdade porque nunca mais consegui comprar.IMG_6431

E a máscara é ótima para aplicar, em três minutinhos um cabelo novo, eu adoro esses cremes instantâneos, gosto muito mesmo, tem pessoas que dizem não acreditar e dizem não gostar, mas eu amo.

Eu super recomendo e o meu cabelo também e custa só R$ 5,99.

“A Célula Capilar Kátia Alho é elaborada com um composto especial para restauração, nutrição e auxílio no crescimento dos cabelos. Fortalecendo a raiz do fio capilar, restaurando as pontas e evitando a queda prematura de fios debilitados”.

Saída de banho feita com uma camiseta masculina

Por Dayane Almeida

Meninas para não gastar uma grana que eu não tinha (já que ainda estou sem emprego) eu resolvi fazer a minha própria saída de banho para viajar para Bahia no começo desse ano (2013).

IMG_7323IMG_7328

Eu fui à feira dos Goianos em Taguatinga e comprei uma camiseta masculina, tamanho GG que custou R$ 10,00. Tem umas bancas lá que vendem umas camisetas no monte, por isso custa baratinho. Eu pensei em pegar uma do meu namorado, mas como é média não ia ter o resultado que eu queria, ia ficar muito curtinha. Desculpem-me por não ter tirado foto da camiseta como era antes, (para variar eu esqueci) mas era uma camiseta normal só que bemmmm grande.

Em Prado - BA

Em Prado – BA

Eu cortei toda a camiseta, fiz uma grande gola v e cortei as mangas de maneira que ficasse um regatão. Como era GG ficou muito folgada em mim e para apertar fiz amarradinhos dos lados. Quem é ou já foi micareteira e gosta de customizar abadas sabe bem do que eu estou falando (ai que saudade desse tempo) e foi exatamente o que eu fiz para deixar minha saída de banho mais justinha.

Em Mucuri - BA

Em Mucuri – BA

Ah! Eu dei uma boa puxada nas cordinhas do lado para que ficassem mais compridinhas. É isso, está aí o resultado. Espero ter ajudado na redução de gastos, rsrs.

Em Mucuri- BA

Em Mucuri- BA

Vamos economizar também?!

Vocês estão achando que só nós usamos roupas em liquidação e de lojas populares?! Estão enganadas. De acordo com matéria publicada no entretenimento do globo.com, as filhas o presidente dos EUA, Barack Obama, Sasha, 11, e Malia, 14, optaram por modelitos  de lojas populares que  ainda estão à venda  e alguns modelos estão em liquidação.

Fotos EGO

Fotos EGO

O Globo.com explica ainda que, o vestido usado por Sasha no domingo, 20, numa das cerimônias está com desconto no site da Anthropologie. De US$ 248 (cerca de R$ 496) sai por US$ 69,95 (R$ 140). Já o vestido roxo e o casaco lavanda da Kate Spade que ela vestiu na segunda-feira, 21, estão à venda no site da marca por US$ 478 e US$ 278, respectivamente (o casaco, aliás, está em promoção, e antes custava US$ 795).

Fotos EGO

Fotos EGO

É isso aí, moçada vamos economizar também, NE.

Vejam aqui a matéria na integra. Globo.com

Sapateira feita com caixotes de frutas da Ceasa

Por Dayane Almeida

Quem me conhece sabe que eu não consigo ficar quieta, infelizmente ou felizmente tenho esse grande defeito, estou sempre em busca de algo para fazer e essa semana eu fiz uma sapateira com caixotes de madeira de frutas da Ceasa.  Foi ótimo porque eu precisava muito de uma sapateira e o espaço em que eu a coloquei era inutilizado aqui em casa e ficou super organizado. Na sapateira couberam 48 pares de sapato. É claro que vou ter que fazer outra porque em uma casa com três mulheres não tem só 48 pares de sapato, mas a próxima vai ter que esperar um pouco.

As caixas como eu as peguei. ( as mais frágeis)

As caixas como eu as peguei. ( as mais frágeis)

Eu fui até a Ceasa e peguei uns caixotes de frutas que iam para o lixo, esses foram de graça, são os mais frágeis, mas tem uns que são bem resistentes e que são vendidos pelos funcionários de lá. É melhor comprar com os carinhas dos caminhões, os transportadores que ficam lá recolhendo caixas, eles cobram R$ 1,50. Já os funcionários que trabalham na parte de dentro, que ficam no galpão principal da Ceasa cobram de R$ 3,00 a 5,00, bem mais caro. Por isso é melhor rodar um pouco lá dentro antes de comprar. Gente, sem noção dá para fazer várias coisas, minha mente não para, já tenho planos para os caixotes mais resistentes.

As caixas já pintadas, só empilhadas uma em cima da outra, fica parecendo uma estantezinha. Se o espaço for muito pequeno dá para fazer assim.

As caixas já pintadas, só empilhadas uma em cima da outra, fica parecendo uma estantezinha. Se o espaço for muito pequeno dá para fazer assim.

Bom, vamos ao que eu usei para fazer a minha sapateira:

8 – Caixotes (dos mais frágeis que são de graça).

2 – folhas de lixa – R$ 1,00 cada uma

3 – frasquinhos de corante líquido um de cada cor (da marca xadrez) – R$ 2,00 cada um

1 – Pincel pequeno – R$ 2,90

1 – lata de tinta óleo branca pequena (900 ml)

4 – pacotinhos de parafusos e buchas de 6mm ( cada pacotinho contém 5 unidades) – 2,90 cada

Minha linda sapateira já pronta e devidamente parafusada na parede.

Minha linda sapateira já pronta e devidamente parafusada na parede.

De mais perto.

De mais perto.

Para ficar bem colorido e bem feliz eu pintei duas caixas de cada cor, (duas azuis, duas vermelhas, duas lilás e duas amarelas) antes de pintar eu lixei todas para ficarem mais lisinhas, pode ser só envernizado, deve ficar bem legal também. Dá para colocar outras coisas, fica bem organizado (eu precisava guardar sapatos), pode ser livros, brinquedos, objetos decorativos, etc, fica parecido com nichos de madeira.  Se preferir pode só empilhar as caixas, vai ficar parecendo um estantezinha, mas para caber mais sapatos eu fui alternando uma ao lado da outra para ocupar todo o espaço que era inutilizado. Pode ficar direto no chão, mas para facilitar na hora de limpar a casa eu preferi parafusar todas as caixas na parede (eu não, o meu namorado que me ajudou muito), o resultado é mais satisfatório. Para cada caixa eu usei dois parafusos. É isso galera, espero que tenham gostado da dica.

IMG_7178

Já com os sapatos.

_MG_7185

OBS: Desculpem-me pelas fotos, sei que não ficaram muito boas, como eu disse o espaço era pequeno, não consegui pegar a sapateira toda, ela foi do chão até o teto.

Não sou tão fã da moda e odeio me sentir escrava dela.

Por Dayane Almeida

photole_mustache1

No fim do ano passado eu fui a uma pizzaria comemorar o aniversário de uma amiga, na ocasião eu estava usando um colar com um pingente de bigode (mustache) desses que está na moda e meu amigo me elogiou e perguntou o que significava e porque todas as mulheres estavam usando, eu não hesitei em responder: não sei exatamente o que significa já lí alguma coisa a respeito em algum blog, mas há, está todo mundo usando eu achei bonitinho e resolvi usar também. Puts! nessa hora eu me senti tão mal e tão fútil a ponto de ficar uma semana pensando no assunto. E, nossa, nesse momento eu descobri que não sou tão fã da moda assim e que odeio me sentir escrava dela.

Eu estava tão bitolada com esse negócio de tendências, Collor Block, Candy Collor, etc. que tinha parado de usar roupas ótimas que tinha no meu armário, só por achar que não se usava mais. Oi?!?! Quem foi que disse que não se usa mais, lógico que foi a indústria da moda para eu gastar mais e mais, ficar pobre e deixá-los ricos.

Isso é bem triste, tenho que confessar que seguir a moda é bem legal, mas nem tudo o que é lançado combina comigo, sem falar que cada vez ficamos mais viciadas em seguir tendências, e isso é sério. Não estou dizendo que deixarei de usar uma coisa ou outra, mas só o que ficar legal e combinar comigo.

Eu sempre gostei de me arrumar, isso é fato, sou uma mulher e como tal tenho obrigação de me cuidar. Então, nada de ser uma mulher dominada pela indústria da beleza. Porque não me importar com quem eu sou e não com o que essa tal “indústria” quer que eu seja?!

Quando eu vou às festas as mulheres estão todas com a mesma cara, o mesmo cabelo e a mesma roupa, seguindo o mesmo padrão de beleza. E eu conheço muitas mulheres que vão para uma balada e se chegar lá não estiver se vestindo igual a maioria das mulheres já bate uma tristeza profunda. E porque não ficar alegre e extremamente feliz por estar diferente, por estar se destacando?!

Bom, é isso, nada de só se sentir valorizada se estiver igual a todas as outras mulheres, (“ah, está todo mundo usando renda eu tenho que achar um vestido de renda, ah vai estar todo mundo usando seda, eu preciso achar um vestido de seda ou ah, tenho certeza que vai estar todo mundo usando paetê, então tenho que usar também”), não galera, vamos parar com isso, mulheres bonitas ficam bem usando qualquer coisa, sabendo usar, lógico, também não vai me colocar qualquer marmota.

Eu nunca tinha sido escrava da moda, mas aí fiquei quase um ano sem emprego, e deu no que deu… affss! Ocupar a mente o máximo possível é de extrema importância para mim! RS

Quero deixar bem claro que não estou aqui criticando quem segue a moda, eu só não quero ser assim, até porque a indústria da beleza vai criar algo novo todos os dias e investir pesado em Marketing para tentar me convencer de que o que eu comprei ontem já não é bom o suficiente para eu usar hoje, né! E eu nem sou rica para isso!  Então seguirei a minha própria moda, eu sei que eu tenho que usar mais cores até a minha psicóloga me falou, isso é fato, mas daí ser escrava da moda já são outros quinhentos.